divisão racial

20 anos do Massacre em Ruanda: A divisão racial que sangrou a história

Após 20 anos do massacre em Ruanda, na África, que exterminou 1 milhão de pessoas em seis semanas de genocídio amparado pelo Estado, as políticas racialistas ainda são utilizadas como instrumento de divisão dos povos. A trágica matança foi consequência da dominação capitalista do imperialismo belga sobre Ruanda, que impôs a partir de alegadas diferenças físicas entre os Tutsis e os Hutus (mas que realmente são inexistentes), uma política de diferença "racial", "étnica", criando e desenvolvendo um ódio racial entre uma população que históricamente tem uma origem comum, os banyaruandas.

Tags: 

Subscrever RSS - divisão racial